Histórico do CPD

 

O Centro de Informática foi criado em 1991, com a sigla CIn, para suceder ao então Centro de Processamento de Dados (CPD), órgão complementar, criado na época da instalação da Universidade de Brasília com o intuito de desenvolver as atividades de caráter permanente de apoio, necessárias ao desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão no que se refere ao processamento de dados.

 

Em 1993, o Centro de Informática (CIn) retomou o uso da sigla CPD para evitar os constantes enganos ocasionados pelo fato do Conselho de Informática, criado em 1987, ter adotado a sigla CIN. Em 1996, o Centro de Informática (CPD) foi alçado à condição de Unidade Gestora, com delegação e competência para, por meio de seu Diretor, praticar os atos de gestão orçamentária, financeira e patrimonial, observadas as normas que regem a execução orçamentária do Governo Federal, podendo também celebrar contratos e convênios necessários à implementação de suas atividades.


Entre as décadas de 70 e 90 foram desenvolvidos e implementados a maior parte de todos os sistemas corporativos que são necessários aos mais diversos setores da universidade. O CPD se tornou pioneiro no desenvolvimento de sistemas de recuperação de informações em tempo real através de terminais.


O CPD também desenvolveu o primeiro sistema de informatização para a Biblioteca Central da UnB, que foi a primeira biblioteca universitária informatizada do país, tendo um sistema que pesquisa e atualiza o banco de dados em tempo real.


À época do "bug do milênio", a universidade soube que teria que substituir os equipamentos por outros mais modernos, porém caros que não sofreriam com a possível pane que ocorreria nos computadores. Apesar de as novas máquinas serem totalmente compatíveis com os sistemas que a UnB utilizava, foi preferível refazer todos os sistemas acadêmicos e administrativos, em plataforma mais moderna. Apesar de trabalhosa, a opção se mostrou mais econômica e vantajosa para a universidade; em apenas 2 anos todos os sistemas foram implementados e em Janeiro de 2000 as matriculas de alunos nos cursos de verão já puderam ser realizadas utilizando a nova plataforma.


Em 2010, o CPD começou a instalação e a disponibilização da internet sem fio em todo o campus Darcy Ribeiro, projeto que foi finalizado no começo do primeiro semestre de 2011, com total sucesso, deixando assim a internet de alta velocidade disponível a toda comunidade acadêmica.